22 de julho de 2014

Resenha do Livro: Filha da Floresta



Olá leitores, como vão?
A resenha de hoje é sobre o livro A Filha da Floresta, de Juliet Marillier.

Sinopse: Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era Lei e a magia uma força da Natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos. O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por Homens Silenciosos e Criaturas Encantadas, que deslizam pelos bosques vestidos de cinza e que mantêm armas afiadas. Os invasores de fora da floresta, os salteadores do outro lado do mar, os Bretões e os Vikings, estão todos decididos a destruir o idílico paraíso. Mas o mais urgente para os guardiões é destruir o traidor que se introduziu dentro do domínio: Lady Oonagh, uma feiticeira, bela como o dia, mas com um coração negro como a noite. Oonagh conquista Lorde Colum com os seus sedutores estratagemas, mas não consegue encantar a prudente Sorcha. Frustrada por não conseguir destruir a família, Oonagh aprisiona os irmãos num feitiço que só Sorcha pode quebrar. Se falhar, continuarão encantados e morrerão. Então os salteadores chegam e Sorcha é capturada, quando está apenas no meio da sua tarefa… Em breve vai ver-se dividida entre o seu dever, que lhe impõe que quebre o encantamento, e um amor cada vez mais forte, proibido, pelo senhor da guerra que a capturou.


  Uma amiga de minha mãe havia me emprestado o livro, e desde então me apaixonei, tendo como favorito o segundo livro. É um romance com uma pitada de aventura, que vai te fazer suspirar a cada capítulo. A trilogia conta também com outros dois livros: Filho das Sombras e Filha da Profecia. A personagem principal, Sorcha, nos envolve em cada capítulo com sua força de vontade e sua determinação em ajudar seus irmãos.
  Não sou uma fã de livros de romance, embora leia vários. São poucos que eu realmente gosto. E Filha do Floresta foi um deles. Não sei se é porque achei a personagem principal uma garota forte, ou pelo seu par, Red, ser um cavalheiro que mesmo sem ela poder falar, não interfere em sua tarefa. 
  Mas é no segundo que eu me apaixono ainda mais por essa saga. As coisas escritas fazem você querer um romance como aquele vivido pela personagem principal. É uma coisa incrível o que a autora consegue fazer com você.
  Como já disse, sempre quis ser atriz. E seria uma das melhores coisas do mundo poder interpretá-la. Porém, não há nenhuma confirmação até agora quanto a adaptação cinematográfica, mas cruzem os dedos para que façam esse incrível livro virar um sucesso no cinema também. E quem sabe, comigo no papel principal? Torçam por mim.
Até a próxima...
Beijos :)
Natália

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal