18 de janeiro de 2015

Resenha do Livro: O Conto da Ilha Desconhecida

Sinopse:
  Um homem vai ao rei e lhe pede um barco para viajar até uma ilha desconhecida. O rei lhe pergunta como pode saber que essa ilha existe, já que é desconhecida. O homem argumenta que assim são todas as ilhas até que alguém desembarque nelas.
  Este pequeno conto de José Saramago pode ser lido como uma parábola do sonho realizado, isto é, como um canto de otimismo em que a vontade ou a obstinação fazem a fantasia ancorar em porto seguro. Antes, entretanto, ela é submetida a uma série de embates com o status quo, com o estado consolidado das coisas, como se da resistência às adversidades viesse o mérito e do mérito nascesse o direito à concretização. Entre desejar um barco e tê-lo pronto para partir, o viajante vai de certo modo alterando a ideia que faz de uma ilha desconhecida e de como alcançá-la, e essa flexibilidade com certeza o torna mais apto a obter o que sonhou.
  "...Que é necessário sair da ilha para ver a ilha, que não nos vemos se não saímos de nós...", lemos a certa altura. Nesse movimento de tomar distância para conhecer está gravado o olho crítico de José Saramago, cujo otimismo parece alimentado por raízes que entram no chão profundamente.

  Bem, não há muito o que falar desse pequeno livro de 63 páginas. Como podemos ver na sinopse, o enredo consiste em um homem e seu sonho de viajar para uma ilha desconhecida. Durante toda a história, vemos a dificuldade para o homem realizar esse sonho, que aliás é maluco para muita gente. O que mais o autor destacou, na minha opinião, foi a situação social: como um homem pobre é tratado pelo rei, pelo capitão do rei, até pela empregada do rei. E isso foi tratado de uma forma minimamente realista pelo autor.
  Um outro ponto positivo foi a mensagem que o livro traz: corra atrás de seus sonhos, não importa quão doidos ou idiotas eles pareçam. Quem corre atrás consegue o que quer. No caso do protagonista, ele queria viajar para a ilha desconhecida, mas precisava de um barco. Foi ao rei para pedir um, e demorou um longo tempo e muito esforço para ele consegui-lo. Aí veio todas as outras etapas que o fez duvidar se realmente valia a pena. E isso nos faz pensar nos nossos próprios objetivos.
  O que eu não gostei muito foi da organização do livro. Temos perguntas, respostas, exclamações e descrições como qualquer outro livro, mas não temos os elementos característicos de cada um. Ou seja, é tudo junto e misturado, o que acaba dificultando muito a leitura, já que o leitor tem que decifrar o que é o que: se é alguém falando, quem está falando... Isso foi o que mais me desagradou.
  Confesso que só li esse livro porque pretendo doá-lo ou vende-lo logo, e que ele não superou minhas expectativas; talvez um pouco, mas nada de mais. Achei o final feito de modo muito corrido, como se ele consistisse em duas partes principais e o autor só desse espaço e atenção a uma, deixando a outra totalmente vaga e muito direta.

  E aí, alguém já leu? O que acharam?
  Beijos :P

24 comentários:

  1. Não faça isso comigo. Um Saramago é uma faca no meu coração! :3 <3
    Sou muito, muito fã de Saramago. Ele é de uma descrença na vida e nas pessoas impressionante. Ou era, né? E tinha na mulher, Pilar, tudo que lhe foi negado na vida, e por isso tinha uma verdadeira idolatria por ela, e completo repúdio por Deus e pela maioria das pessoas da face da terra e suas obstinações em se manter em vidas medíocres.
    Li e fiz uma análise desse livro pra um trabalho na faculdade e eu, que já era apaixonada por ele, me apaixonei ainda mais.
    Saramago criticava muito Portugal, sua terra natal, porque vivia do glamour da época das grandes navegações e estava caindo e envelhecendo, se apagando, a terra que outrora havia sido uma potência mundial.
    E O Conto da Ilha Desconhecida retrata ele mesmo diante desse mundo que não quer nada novo, que não acredita em novidade de vida, apenas se contenta com o que já tem e com o que está estabelecido.
    Sempre que leio esse livro lembro dele e da sua Pilar, que construiram um mundo só deles dentro do barco só deles, que era a ilha desconhecida que ele tanto procurava.
    Me diz tanto esse pequeno livro!

    Obrigada pela resenha! <3
    Tô seguindo e curti a página, abraço grande!

    http://porumlivronavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Anna :)
      Eu acho que na própria biografia do autor, que já tem no livro, falava que ele criticava Portugal... Se não me engano, em todos os livros, ele fazia, pelo menos, um menção a seu "repúdio".
      Mesmo eu não tendo gostado da mistureba que foi a escrita dele, eu amei a mensagem que o livro trouxe. Por enquanto não pretendo ler algo dele, mas quem sabe no futuro?
      Eu que agradeço pela visita *-*
      Beijos :d

      Excluir
  2. Oii , tudo bem?
    Eu não conhecia esse conto do Saramago , a sinopse me parece muito interessante.
    Mas essa falta de fluidez no texto provocada por esse tipo de mistureba de linguagem como vc mencionou é mesmo uó. rsrrs
    bjao
    Ariane
    www.resenhasdelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ariane... Tudo sim e você?
      É horrível mesmo, mas a mensagem que o livro traz salvou o autor de ter minha péssima opinião hehehehe
      Beijos :)

      Excluir
  3. Ahhh, Saramago! Confesso que o admiro muito, mas não consigo terminar nem um livro dele! O que mais me perturba, como você, é o modo como é escrito, sem pontuação quase que nenhuma, o que acarreta muitas confusões. Nem sabia da existência desse conto, mas me pareceu meio pacato e parado, não sei se iria curtir tanto a história, apesar de o fato de você ter escrito que a mensagem do livro é correr atrás dos nossos sonhos tenha me atiçado um pouco, pois sou do tipo de gostar de livros com lições de vida! Gostei muito da resenha, porque, mesmo que o conto seja pequeno, você conseguiu expôr bastantes pontos sobre ele, parabéns!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nina :d
      Bom, devido a esse "defeito" no estilo de escrita dele, acho que não irei ler nada dele tão cedo; mas mesmo assim, a história do livro foi bem legal... Acho que a mensagem se destacou mais que a escrita hehehhe Se tiver oportunidade, leia sim... Mesmo se não gostar, o livro acabará rápido ;)
      Que bom que gostou :D :D
      Beijos :)

      Excluir
  4. Eu não li nada do Saramago, mas no blog tem umas duas resenhas que o Saulo, meu namorado fez, e ele sempre exalta o autor. De fato suas histórias parecem sempre tão simples, mas repletas de mensagens e lições de vida.

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Érica, mesmo o livro sendo tão pequenininho, ele conseguiu transmitir a mensagem que queria :)
      Beijos :d

      Excluir
  5. Já li O Ensaio sobre a Cegueira do mesmo autor e acho que a escrita dele é bem descaracterizada assim como nesse. Mas esse tema de sonho me interessou.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que esse é o estilo de escrita dele mesmo Ana... Assim, vou pensar mil vezes antes de ler algo dele novamente :/
      Mesmo assim, o tema foi o que mais compensou no livro ;)
      Beijos :)

      Excluir
  6. Saramago é sempre uma boa pedida. E pela sua resenha, me parce uma leitura rápida e leve. Não conhecia esse título do autor, mas entrou para minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Andreza :d
      É mesmo uma leitura leve e rápida hehehe
      Beijos :)

      Excluir
  7. Oii.
    Nossa adorei a resenha, a história em si chama muito a atenção.
    Nunca li nada do Saramago, mas sempre tive curiosidade. Espero um dia ler, quem sabe esse livro, já que é bem fininho... kkkk

    beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carolina :)
      Que bom que gostou :d
      Bem, já que você não conhece a escrita do autor, faça como eu e comece com algo mais "leve" hehehe
      Beijos (k)

      Excluir
  8. Oii, tudo bem?
    Nunca li o livro, mas adorei a mensagem que ele passa, de que devemos correr atrás dos nossos sonhos! Concordo plenamente!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Angélica :d
      Também amei a mensagem *-*
      Beijos :)

      Excluir
  9. Não gosto muito de Saramago, já tentei ler, as sinceramente, os livros dele não me prendem. Mas gostei de conhecer sua opinião sobre essa história. E parabéns por ter conseguido ler um livro dele, eu admiro muito quem consiga.

    Beijos
    http://coolturenews.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bruna :)
      Bem, fácil fácil não foi, mas uma experiência com um novo autor é sempre boa, não é?
      Ah, obrigada :d
      Beijos (k)

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada desse autor e confesso que morro de curiosidade. Esse conto parece ser bacana, gostei muito de saber que ele trasmite essa coisa de não desistir dos nossos sonhos, que mesmo com as dificuldades devemos correr atrás, mas saber que ele é um pouco confuso me deixou meio indecisa, não sei se leria :S

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Larissa, tudo sim e você?
      Bem, vou te dar um conselho: leia; mesmo se você tiver dificuldade devido a escrita, não desista, pois no final irá valer a pena por causa da mensagem ;)
      Beijos :)

      Excluir
  11. Oie Aline, tudo bom?
    Eu tive oportunidade de conhecer esse livro graças ao seu blog, adoro livros do gênero contos e esse me parece ser uma ótima aposta. A capa é bem simples, mas mesmo assim me encantei com ela ♥ Acho que já ouvi falar desse autor em algum lugar haha, o final através de suas palavras, trouxe uma ótima mensagem para o leitor (quer dizer, o final não, o livro completo) e isso me encantou demais, fiquei curioso para conhecer a escrita do autor e espero gostar bastante, adoro ler obras nacionais <33 Ótima resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Luan, tudo sim e você?
      O autor é muito bem aclamado mesmo; bem, já que você gosta de contos, acho que esse seria uma ótima pedida. Como você nunca leu nada do autor e, consequentemente, não conhece a maneira que ele escreve, esse livro seria bom devido à pequena quantidade de páginas. Se tiver oportunidade, leia sim. Acho que vai gostar ;)
      Beijos :)

      Excluir
  12. Meu Deus, tive qu ler esse livro pra minha aula de Literatura!! Pra ser sincera, não gostei não…. rsrsrs

    Bjos ^^

    http://casteloanimado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carolina :)
      É horrível mesmo quando você é obrigada a ler um livro... Talvez por isso você não gostou dele :/
      Beijos :d

      Excluir

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal