14 de junho de 2015

Resenha do Filme: Será Que?


  Em primeiro lugar, eu tenho que falar que Será que? é protagonizado pelo Daniel Radcliffe, o nosso eterno Harry Potter, e foi unicamente por causa desse ator que eu me dispus a assistir o filme. Na verdade, eu nunca tive um interesse muito grande nele, pois se trata de uma comédia romântica e esse é um tipo de filme que eu só assisto se está passando na televisão e eu não tenho nada melhor pra fazer. Porém, ontem eu li uma resenha dele e pensei “Por que não assistir, hein?”. Enfim, agora aqui estou eu escrevendo essa resenha.


  Será que?  é uma comédia romântica como qualquer outra; não achei nada de mais, pra ser sincera. Daniel Radcliffe interpreta Wallace, um cara que teve o coração partido pela ex-namorada e se manteve afastado de relacionamentos por um bom tempo. Por causa do término de namoro dramático ele até abandonou a faculdade de medicina (que tipo de pessoa abandona MEDICINA – um curso super concorrido que vestibulandos sofrem anos para serem aprovados – por causa de uma garota? Wallace, você é um completo idiota, pelo amor de Deus).
  Mas comédia romântica se faz com um casal, obviamente. Temos então Chantry, uma mulher com cara de menina, animadora (artista), esquisita e prima do melhor amigo de Wallace. Em uma festa, os dois se conhecem e começam a conversar. Eu achei tão absurdo esse primeiro contato deles, pois parece que para ressaltar que os-dois-são-estranhos-e-se-completam os diretores (ou roteiristas, sei lá) inventaram uma série de assuntos esquisitos para eles falarem sobre. Resumindo: em metade do filme o Wallace e a Chantry ficam falando besteiras e nonsenses.



  A questão é que o Wallace acaba gostando da Chantry. Só que temos um problema: ela namora um cara há cinco anos e gosta bastante dele. Wallace, seja bem-vindo à friendzone! O filme segue se desenrolando nesse relacionamento dos dois e a possibilidade do rapaz de se declarar à sua amada, o que ele não tem coragem de fazer.
  Mesmo que a história não seja nada de mais, como eu já disse, isso não significa que ela não merece ser assistida. Em vários momentos eu dei muitas risadas, principalmente na cena em que Wallace foi jantar na casa da Chantry e conhece o namorado dela – o cara estava picando pimenta, esfrega os olhos, que começam a arder; Wallace vai procurar um remédio no banheiro e o namorado da Chantry também vai para lá; Wallace abre a porta e, sem querer, bate no cara e ele cai da janela do segundo andar (!?). Trágico, porém hilário.



  No final ainda temos mais um clichê: um dos membros do casal recebe uma proposta de emprego no exterior. Aí fica aquela lenga lenga se a pessoa irá optar pelo sucesso profissional ou o amor.
  Também não percebi nenhuma atuação excepcional da parte de ninguém. Daniel Radcliffe me pareceu normalzinho, mas eu até consegui assistir ao filme sem visualizá-lo como Harry Potter a cada cena. Quem eu mais gostei foi a Chantry, que apesar de esquisitinha, é uma boa pessoa. Também achei a atriz muito bonita, mas não aquele tipo de beleza padrão; ela era bela à seu modo.
  Concluindo, se você não estiver fazendo nada e quiser passar o tempo com um filme bobinho, Será que? é uma opção aceitável.

#ahbemsério, por SHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal