17 de outubro de 2015

Resenha do Livro: 60 Horas

  Olá leitores, tudo bem? Hoje os trago uma resenha sobre o livro 60 Horas, da autora nacional Amanda Nunes. Uma obra envolvente, de tirar o fôlego e ao mesmo tempo cativante e muito real. Antes de começar preciso os contar que essa obra vai mexer com seus sentidos. Vamos lá então?


  Essa história começa com Hudson Cavalcanti, nosso protagonista, acordando atordoado e com dores talvez sintomas de uma ressaca daquelas e não encontrando sua esposa ao seu lado. Sai em busca da mulher em vários cômodos da casa até que chega à cozinha e se depara com sua empregada morta, com uma faca em seu peito (só nessa parte já me arrepiei todo). Como reação, ele tenta alimentar suas últimas esperanças para salvar a mulher, mas já é tarde demais. O desespero já aflora e a atenção agora está em pensar onde sua mulher poderia estar. Involuntariamente, por ter visto o que aconteceu com sua empregada, ela já imagina o pior.

  Ao perceber que a busca pela mulher em sua casa já era uma tarefa perdida, ele busca o telefone afim de ligar para alguém em busca de ajuda, no caso, a polícia. Porém o aparelho não funciona e ele se vê de mãos atadas. Mas daí ele percebe que há um DVD perto do telefone que indica que Hudson o coloque em reprodução (não me imagino numa cena dessas plmdds). O sargento, já imaginando o que estaria nas cenas que veria, ainda mantém o controle emocional e o sangue frio (ser policial tem dessas coisas). Mas o que ele vê é apenas uma pessoa com a voz modificada usando uma máscara, dando orientações e revelando um segredo (nesse momento eu gelei). A figura do vídeo o revela que está mantendo a esposa de Hudson, Gabriela, sob sequestro e que a vida dela e a do próprio sargento dependem da rapidez e da montanha de dinheiro (meio milhão de reais) que ele tem que desembolsar. E sabe por que a vida do rapaz também corre perigo? Foi injetado veneno nas veias de Hudson e o efeito da contaminação total e fatal em seu corpo é de 60 horas. 

  Esse foi o boom que deu ainda no começo da história aquela vontade imensa de saber como o sargento iria salvar a mulher, como obteria o dinheiro, como conseguiria fazer isso sem que a polícia fosse envolvida, se tudo ia dar certo...

  De uma coisa vocês podem ter certeza, como uma das passagens do livro diz: ''Por amor, um herói é capaz de virar bandido''.

  A autora conseguiu transmitir emoção em todas as cenas. Achei a história muito bem ambientada, repleta de suspense, que dá aquela aflição, e é claro, sem deixar de lado o amor na trama (ADOREI)

  Se vocês gostam de histórias policiais, dignas de todos os sentimentos envolvidos, aquela empatia, perseguições, que deixa o coração na mão e tudo mais... 60 Horas é o livro perfeito. Até as últimas folhas você sente a emoção dos personagens. E se não curtem o gênero, é um ótimo convite hein? Leiam-no, please.

  Bom, comentem suas impressões, e se já leram me digam o que acharam tá? Até a próxima!

  Para acessar a fanpage do livro, clique aqui
  Para acessar a página no Skoob do livro, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal