15 de agosto de 2016

Resenha do Livro: Nas Sombras do Estado Islâmico

  Olá de novo leitores, e aí?

  Voltei com mais uma resenha de um livro solicitado do divo do Grupo Editorial Record. Nas Sombras do Estado Islâmico - Confissões de uma Arrependida, de Sophie Kasiki traz "o testemunho extraordinário da mulher francesa que se juntou ao Estado Islâmico e conseguiu sobreviver a uma jornada pelo inferno".


Sinopse: Sophie Kasiki trabalhava como assistente social nos subúrbios de Paris quando três dos jovens que auxiliava abandonaram a França para se juntar ao Estado Islâmico, na Síria. Em pouco tempo, aqueles que ela carinhosamente chamava de “os meninos” voltariam a procurá-la. A princípio, Sophie ingenuamente esperava convencê-los a voltar, mas o que aconteceria seria exatamente o oposto. Em ''Nas sombras do Estado Islâmico'', Sophie Kasiki relata, de forma muito emocionante, todo o terror que passou na cidade de Raqqa, coração do Estado Islâmico na Síria.

  Bem, pra começar solicitei esse livro do GER porque me interesso pelo assunto. Mesmo ele não tratando diretamente sobre o terrorismo, nos dá uma ideia do porquê de uma pessoa se juntar à um grupo terrorista.

  O livro todo é narrado sob o ponto de vista de Sophie, relatando sua vida desde seu nascimento até o dia em que ela resolve fugir para se juntar ao grupo, levando consigo seu filho. Basicamente ela estava cansada de sua vida monótona, da rotina e tudo mais, e tentando convencer os "meninos" a voltar pra casa, eles acabam a convencendo a ir até a Raqqa pra conhecer o local, trabalhar numa maternidade voluntariamente e ver com o EI não era tão ruim como diziam. Quando ela quer voltar à França, ambos são impedidos e mantidos prisioneiros.

  Constituído de 22 capítulos, não muito grandes, com uma linguagem simples sem maiores complicações, Sophie relata o sufoco que passou com o filho e a dificuldade em voltar pra sua casa. O interessante é que ela não só relata os acontecimentos, mas comenta muitas vezes o porquê de suas ações, dando ao leitor espaço pra "entender" o que se passava em sua cabeça.

 

  Mesmo inserindo algumas palavras próprias do islã/jihad, as mesmas são explicadas objetivamente ou subentendidas. Kasiki também cita algumas características da religião islâmica, o que achei muito interessante. Durante a narrativa o leitor sente o desespero dos personagens quando são impedidos de retornar até o momento em que conseguem finalmente fugir.

  Um único capítulo é narrado pelo marido da mulher, onde ele conta como ele passou os meses de ausência da mulher e do filho e seus esforços pra trazer a família de volta. Esse é o maior capítulo de toda a obra.

  O livro possui 159 páginas no total. A edição é simples, publicada pelo selo BestSeller, com uma capa misteriosa e linda. Mesmo sendo um livro relativamente pequeno o leque de informações é completo; talvez isso se dê (ser pequeno) por o tamanho da letra ser um pouco menor do que usual, o que não interfere a leitura.

 

  Nas Sombras do Estado Islâmico é um livro que relata uma história real sobre o drama de uma mulher e seu filho sob o domínio de um grupo terrorista. A leitura é leve e fluída, e a mensagem que a autora nos deixa no final da trama é clara:
Agradeço àqueles que sabem que a depressão não é uma escolha, um modo de vida ou uma fraqueza moral: é uma doença terrível.
  E aí leitores, alguém já leu esse livro? Leriam?
  
  Beijos =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião sobre o assunto discutido acima :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2015 | Design e Código: Natana Duarte - Colecionando Livros | Uso pessoal